Turquesa

Nome: O nome vem do francês turquoise, que significa “turco”, pois era levada pelos turcos para a Europa. Os turcos a chamavam de “Fayruz”, a pedra da sorte.

Composição: Hidrofosfato de alumínio e cobre

Cor: Azul-celeste a verde.

Observação: Pedra porosa e com tendência a rachar e desbotar, necessário cuidado com o sol. A pedra também é afetada por alterações de temperatura e umidade. Não a deixe de molho na água. 

Uso histórico: É considerada uma pedra sagrada para muitas tribos americanas. Uma turquesa era um instrumento quase sempre necessário na bolsa de poder ou de medicamentos do xamã apache.

Alguns índios americanos prendiam-na nos arcos para garantir flechadas certeiras. Os navajos a usam bruta, juntamente com o coral, para criar pinturas na areia a fim de provocar a chuva sobre a terra. Nativos do sudoeste americano e do México a colocam em túmulos para guardar os mortos. Além desses, e muitos outros usos, a turquesa tem sido prestigiada por sua bela cor e propriedades mágicas poderosas.

Utilização e Aplicações:
- Proporciona clareza na comunicação e o equilíbrio da expressão emocional
- Protege contra acidentes
- Proporciona calma e tranqüilidade em um ambiente
- Favorece o pensamento positivo
- Reduz dores-de-cabeça e febres
- Sorte

Chacra: Laríngeo

Poderes: Proteção, coragem, dinheiro, amor, amizade, cura, sorte

Atributos Mágicos: É uma pedra protetora.
Turquesas com imagens entalhadas de cavalos e ovelhas são mantidas pelos navajos como guardiães importantes contra magia negativa.

Um anel de turquesa é usado para defesa contra mau-olhado, doenças, serpentes, veneno, violência, acidentes e qualquer outro perigo, além de promover a coragem.

Os cavaleiros usam a turquesa para se proteger de quedas e, para essa finalidade, ela é incrustada em ouro. Um segundo pedacinho é preso nas rédeas ou na sela para proteger o cavalo.

É um amuleto valioso para viajantes, principalmente quando se aventuram em lugares perigosos ou politicamente instáveis.

Um velho ritual empregava a turquesa para obter riqueza. Execute-o alguns dias antes da Lua Nova, quando a lua crescente for vista pela primeira vez no céu.

Evite olhar para a Lua até a hora certa.

Segure uma turquesa na mão.

Visualize sua necessidade mágica – o dinheiro – materializando-se em sua vida. Saia de casa e olhe para a Lua. Depois, transfira seu olhar direto para a pedra.

A magia começou. Tenha a pedra consigo até que o dinheiro chegue. A turquesa também aparece nos encantamentos para atrair dinheiro por meio de círculos ou colares de turquesa ao redor de velas verdes, visualizando riqueza. Sendo presenteada, concede riqueza e felicidade ao recipiente.

Empregada também em magia do amor, ela é usada, levada ou dada ao amado. Freqüentemente promove a harmonia conjugal, garantindo que as duas pessoas envolvidas se harmonizem. Alguns afirmam que se o amor morre no recipiente, a pedra também desbota.

Serve para atrair novos amigos, ficar alegre e sereno, aumentando a beleza de quem a possui. Também é uma pedra de cura: reforça a visão, alivia febres e reduz dores-de-cabeça. Pressionada contra a parte doente ou problemática do corpo, a doença é visualizada como entrando na pedra.

A água que conteve uma turquesa pode ser bebida para absorver suas energias curativas. Anéis e pingentes de turquesa são usados para promover e proteger a saúde. Acenda velas azuis cercadas de turquesa e visualize a cura sendo apressada. Quando trazida no corpo evita enxaquecas. Como todas as pedras azuis, é afortunada e atrai a sorte.

Referências: - Enciclopédia de Cristais, Pedras Preciosas e Metais – Scott Cunningham - O Livro da Cura pelos Cristais – Liz Simpson

Orações

oracaonova

 

Cyro Leãoo em conexão

cyroemconexao

 
 
 

Horóscopo Xamânico

horoscopo ganso

Vídeos

videos

 
 
 
Ir para o Topo