Hematita

Nome: O nome tem origem do grego haima, que significa “sangue”.

Composição: Óxido de Ferro

Cor: Cinza escuro a preta, brilho metálico.

Uso histórico: A hematita, quando lapidada ou polida, “sangra”, tinge da cor vermelho-sangue a água utilizada. Há o mito de que seria uma “Pedra Sagrada”, representando o “sangue dos deuses”, dando vida a tudo que tocasse.

Os antigos egípcios utilizavam a hematita em enterros, era colocada debaixo do travesseiro do falecido, a fim de lhe propiciar o seu caminho para a eternidade.

Utilização e Aplicações:
- Conecta a Terra
- Traz equilíbrio emocional
- Absorve baixas energias
- Ajuda na renovação do sangue
- Boa para proteção durante a meditação
- Ajuda na autoconfiança e coragem

Chacra: Básico, Laríngeo

Poderes: Cura, centramento, divinação

Atributos Mágicos: Ela possui a curiosa propriedade de “se curar”. Risque a superfície da pedra e esfregue-a com o dedo. O arranhão pode desaparecer. A Hematita tem efeitos maravilhosos sobre o nosso corpo, é apropriada em quase todas as moléstias do sangue (leucemia, AIDS, anemia, diabete). Ela deve ser segura na mão durante a visualização e depois colocada sobre a pele na área doente. É empregada para concentrar a atenção no plano físico. Quando houver uma exposição a um excesso de energia, a hematita deve ser usada dentro dos sapatos, para descarregar o excesso para a Terra.

Referências: - Enciclopédia de Cristais, Pedras Preciosas e Metais – Scott Cunningham - O Livro da Cura pelos Cristais – Liz Simpson

Orações

 

Horóscopo Xamânico

horoscopo picapau

Vídeos

videos

 
 
 
Ir para o Topo